Skip to Content

Governo dá novas disposições sobre a escolha do padrão de Rádio Digital e diz que respeitará portaria que estabeleceu o SBRD

O governo, através do site do Ministério das Comunicações, deu duas importantes disposições à respeito da definição do padrão do rádio digital brasileiro.

MiniCom conclui testes com sistemas de rádio digital neste mês que versa dentre outros assuntos sobre quais as possibilidades em jogo para se fazer a migração para o sistema de rádio digital.

Modelo de rádio digital deve ser definido até o fim do ano, diz ministro que dentre outros assuntos demonstra a intenção do governo de anunciar o padrão de rádio digital brasileiro assim como o modelo de migração para a nova tecnologia (se adotada) até o final deste ano de 2012.

Outro documento importantíssimo publicado por Egon Guterres, da Anatel, sobre o assunto da possível migração das emissoras AM para a faixa do VHF extendido (canais 5 e 6 de TV) além de uma análise profunda sobre a digitalização do rádio está disponível no seguinte link:
http://www.anatel.gov.br/Portal/exibirPortalRedireciona.do?caminhoRel=In%EDcio--&codigoDocumento=280929

Em conversa com integrantes do DRM-Brasil, Genildo Lins, secretário de Serviços de Comunicação Eletrônica do Ministério das Comunicações, afirmou que a portaria que estabeleceu o SBRD (Sistema Brasileiro de Rádio Digital) será seguida, respondendo afirmativamente aos pontos específicos da otimização do espectro, transferência de tecnologia e funcionar inclusive na faixa de Ondas Médias, além da atual faixa onde encontram-se as rádios FM.

Pelas disposições da portaria que estabelece o SBRD o sistema HD Radio não poderá ser adotado pela Brasil pois esse sistema usa um codec de áudio que é segredo industrial da Ibiquity, chamado HDC, enquanto o sistema DRM usa o mesmo codec de áudio do sistema brasileiro de TV Digital, o AAC, um codec padronizado pelo grupo MPEG.

O sistema HD Radio propicia o contrário da otimização do espectro, visto que o canal HD na faixa do VHF ocupa o dobro (400kHz) de um canal FM (200kHz) e 4 vezes mais que um canal DRM (100kHz).



X